Morreu Augusto Matine, ex-seleccionador dos Mambas

Nacional

O desporto moçambicano está em luto. Faleceu, com 73 anos, vítima de doença, Augusto Matine, ex-jogador do Benfica, Vitória de Setúbal, Estrela da Amadora, Portimonense e Desportivo de Aves.

Depois de pendurar as botas, Matine se lembrou de seu país. Regressou a Moçambique, tendo sido selecionador nacional dos Mambas (2001-2002), Mambinhas, chefe do Gabinete Técnico da Federação Moçambicana de Futebol e ainda mentor do Desportivo de Maputo (2011-2012) e do Ferroviário de Maputo (2003).

No seu conjunto de experiências, no golias do Benfica, Matine fez 52 jogos (nas temporadas 1967/68, 1968/69, 1969/70, 1970/71 e 1972/73). Ainda assim, foi no Vitória de Setúbal (clube com quem falou nas temporadas 1971/72, 1973/74, 1974/75, 1975/76) onde mais jogou (124 no total) e marcou cinco golos.

Médio de capacidade colossal, as suas exibições valeram-lhe a convocação para falar com o grupo português, onde jogou em nove provas.

Augusto Matine nasceu na então Lourenço Marques a 13 de fevereiro de 1947.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *