O Ferroviário da Beira está inserido no Basketball Africa League

O Ferroviário da Beira está inscrito na Conferência do Sahara, no Basketball Africa League, BAL, prova que decorrerá no Dakar Arena, de cinco a quinze de março. O agente moçambicano está no mesmo grupo com o vice-campeão da última edição, US Monastir da Tunísia.

A nata do basquete masculino africano está de volta! O Ferroviário da Beira, presente na Liga Africana de Basquetebol, BAL, que se encontra na sua versão posterior, é importante para a Conferência do Sahara, pelo sorteio realizado nos últimos tempos.

Situado no Dakar, de cinco a quinze de março, o Ferroviário da Beira terá como principal rival o velocista do principal lançamento, Monastir da Tunísia, um grupo excepcionalmente sólido e forte, que tem na sua construção jogadores de primeira classe de sua nação e de outras nações africanas e alguns americanos.

Para além do Monastir, os grupos do AS Salé de Marrocos, Dakar University Club do Senegal, Rwanda Energy Group do Ruanda e Seydou Legacy Athlétique Club da Guiné são também essenciais para o grupo Ferroviário da Beira.

Os alunos de López Hernández têm a missão de abordar o país ao mais alto nível, ou em qualquer caso, entrar em contato com o céu, superando a grande apresentação de seu homônimo de Maputo, que chegou às quartas de final do último lançamento, o primeiro.

Seria, aliás, uma apresentação para abalar o olimpo da bola, tendo em conta o défice implacável que o grupo do Chiveve tem, tendo em conta que só vai disputar a oposição depois de disputar o título público de basquetebol, a Liga Mozal, o que começa na próxima segunda-feira.

Na abertura da temporada da Conferência do Nilo, o Dakar Universite Club (DUC) do Senegal enfrentará o Seydou Legacy Athletique Club (SLAC) da Guiné no primeiro dos 38 jogos que acontecerão em três comunidades urbanas ao norte de 90 dias em 2022. A Tunísia, em 6 de março, seguiu progressivamente

Em outra Conferência, Nilo, que ficará no Cairo, Egito, de 9 a 19 de abril, será incorporado aos atuais heróis da Liga Africana de Basquete, Zamalek do Egito, sem prejuízo do BC Espoir Fukash da República Democrática do Congo, Cabo Town Tigers da África do Sul, Cobra Sports do Sudão do Sul, Forças Armadas e Policiais dos Camarões e Petro Luanda de Angola.

Os quatro principais de cada um dos dois encontros vão se encaixar na final, que acontecerá de 21 a 28 de maio na Kigali Arena.

Author: admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *