APÓS O PROLONGAMENTO, REAL MADRID SEGUE Á FINAL EM PARIS

Liga dos Campeões

Após o prolongamento, ou seja, pela décima sétima vez, o Real Madrid, várias vezes vencedor da prova, está na final da Liga dos Campeões, após vencer o Manchester City por 3 a 1 e como resultado disso, em 28 de maio, eles vão enfrentar o Liverpool em Paris, que também eliminou o Villarreal.

Depois do 3-4 da semana passada em Manchester, o duelo anterior foi menos energizante, até os últimos minutos. Com os grupos montados, aos 73 minutos Bernardo Silva acelerou pela região focal do campo e ajudou Mahrez, que bateu Courtois com o pé esquerdo. A gravata estava no bolso, esperava-se outra última inglesa. Desvio não adulterado! Depois de Grealish, por duas vezes, ter falhado o 2-0, Rodrygo, aos 90 minutos, empatou após cruzamento da direita e ajuda de Benzema.

No momento seguinte, a maravilha: outro meio da direita (via Carvajal), um leve toque de Asensio e um cabeceamento de Rodrygo. Instantaneamente, a eliminatória estava empatada. Nos acréscimos, Rúben Dias apareceu mais tarde do que o esperado e derrubou Benzema, que aos 11 metros marcou o penalti, no 95º minuto, o décimo quinto golo da época na Liga dos Campeões e apurou o Real para a final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.