AS SELEÇÕES DO QUÉNIA E ZIMBABWE FORAM EXCLUÍDAS DA QUALIFICAÇÃO PARA O CAN-2023

As seleções do Quénia e do Zimbabwe foram excluídas da fase de grupos de qualificação para o Campeonato Africano das Nações, CAN-2023, depois das suspensões não terem sido levantadas pela FIFA, conforme indicou a Confederação Africana de Futebol (CAF).

A Federação de Futebol do Quênia e do Zimbabwe serão consideradas excluídas e eliminadas da competição africana. Os grupos C e K serão formados por apenas três seleções e a solicitação dos jogos continuará de acordo com o calendário.

Assim, no grupo C, em que o Quênia estava, apenas as seleções do Camarões, Namíbia e Burundi disputam a vaga, enquanto, no grupo K, as seleções do Marrocos, África do Sul e Libéria passam a disputar o acesso ao CAN-2023, após a exclusão do Zimbabwe.

Essa decisão da FIFA, veio no início deste ano, onde um dos motivos foi a ingerência dos respetivos governos na administração do desporto, especialmente no futebol. Ou seja, os governos dos dois paises dissolveram as federações de futebol, o que não é permitido pela FIFA.

Para o caso do Quênia, o governo local dissolveu a direção da federação depois do respetivo presidente, Nick Mwendwa, ter sido acusado de fraude. Por outro lado, o Comitê Executivo da Federação do Zimbabwe foi dissolvido por suspeita de peculato.

A fase de qualificação para o Campeonato Africano das Nações começa na próxima data-FIFA, em junho, com a disputa das primeiras duas jornadas.

Author: admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *